DF lança Bilhete Único para idosos

By

Hoje, muitos idosos com 65 anos ou mais que não precisam pagar mais passagens, isso é lei Federal, conheça aqui as regras para o Bilhete Único para idosos. Para terem acesso a esse direito, os idosos do Distrito Federal tinham que se amonturar perto do motorista, ante de viraram a catraca. Muitos pagavam para poderem ter um pouco de conforto.

Mas agora essa “luta” acabou. O governo do Distrito Federal lançou essa semana um Bilhete Único exclusivo voltado para idosos a partir de 65 anos e para crianças de 2 a 5 anos. Com o Bilhete Único, os idosos poderão girar as roletas. A reportagem do portal G1 informa que o cartão é gratuito e não gera repasse financeiro às empresas.

Segundo o DFTrans, a emissão do cartão é gratuita, mas requer apresentação de documentos específicos (veja abaixo). O uso do Bilhete Único é opcional, mas, sem ele, os idosos continuam impedidos de girar a catraca sem pagar passagem.

Desde agosto de 2017, todos os assentos dos ônibus e metrôs da capital são considerados prioritários para idosos, grávidas e pessoas com deficiência. Com isso, as pessoas com mais de 65 anos que usarem o cartão e atravessarem a roleta terão direito aos assentos internos – mesmo que eles não estejam sinalizados.

O governo também informou que as empresas de ônibus não serão remuneradas por esses giros das catracas. Segundo o DFTrans, a medida tem caráter “cidadão”, e não, financeiro.

Cada Estado adota uma conduta. Em São Paulo, por exemplo, mulheres a partir dos 60 anos e homens a partir dos 65 anos têm direito. Em São Paulo, por exemplo, mulheres a partir dos 60 anos e homens a partir dos 65 anos têm direito.

 

Com informações do G1

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

You may also like